Em 1950, em Brusque, as bicicletas eram registradas e emplacadas, o seu proprietário pagava imposto municipal, e a falta de recolhimento implicava em multa e apreensão do veículo. Naquela época, a bicicleta não era utilizada para lazer ou esporte, mas como meio de transporte para ir a todos os lugares.

Documento fornecido por Valter Imhof