Descendentes de Franz Xaver Imhof

Info. Históricas


152. José de Oliveira Werner

Nascido em Lages, trabalhou desde cedo com seu pai na pecuária, agricultura e olaria. Aos 34 anos mudou-se para a distrito de Correia Pinto no ano de 1951, quando a localidade ainda era iniciante em sua povoação. Instalou ali a primeira olaria, com o principal objetivo de fornecer tijolos e telhas para a construção da Igreja Católica local. Permaneceu com os trabalhos na cerâmica por 31 anos, tendo neste período fabricado a grande parte do material de construção para a edificação de casas no distrito de Correia Pinto, Lages e região. Encerrou as atividades, vendendo a olaria, em 1982, por já estar com a saúde debilitada.


153. Ely Júlio Werner

Ely Júlio Werner possuiu uma olaria no município de Lages, onde foram produzidos os tijolos que foram utilizados na construção do Colégio Industrial de Lages (atualmente com outra denominação), da Capela do Convento Franciscano de Lages e parte do Colégio Estadual Emiliano Ramos no município de Capão Alto.


649. Marieli Aparecida Werner

Ivan Antunes dos Santos e Marieli Aparecida Werner dos Santos não tiveram filhos.


154. Herlita de Oliveira Werner

Herlita de Oliveira Werner, nasceu em 08 de agosto de 1920, em Lages - Santa Catarina, filha de Nicolau Werner Filho e Júlia de Oliveira. Casou-se aos 17 anos com o Sr. Antenor Lourenço da Silva, com quem teve 08 filhos, o qual veio a faleceu em 15 de setembro de 1957, no Município de Lages, quando emigrou para Curitiba em 22 de Outubro de 1960, passando a exercer a função de empregada doméstica até 12 de Dezembro de 1962. Viúva, com oito filhos menores, deu-lhes uma educação, motivando-os e persuadindo-os nos mais elevados ideais de ética, civismo e humanismo, sempre mantendo sua família unida. Em 1963, exercia função de serviços gerais na Legião Brasileira de Assistência Social - LBA, onde se aposentou por motivo de doença em 29 de dezembro de 1970.
Em 1993, em Curitiba, foi co-fundadora do Instituto Movimento Evolutivo Cultural e Comunitário - IMECC, onde o objetivo deste instituto consiste em estudar, promover, criar, instituir ações cívicas e Culturais, que promovam o ser humano, onde foi eleita primeira tesoureira. Participou da igreja católica Nossa Sra. do Carmo, no bairro do Boqueirão, na Congregação Mariana, bem como, do Movimento de Orações. A Sra. Herlita viveu e implantou entre as pessoas que tinham a oportunidade de seu convívio, os mais nobres valores e ideais, motivo pelo qual o seu nome foi indicado para denominar um dos logradouros públicos de Curitiba, prestando-lhe homenagem.
Fonte: Projeto de Lei Ordinária: Denominação de bem público não especificada, nð 09.00037.2007, de autoria do vereador Jair Cézar, transformado na Lei nð 12.734, de 19 de maio de 2008.


157. Oswaldo Imhof

Conforme registro de nascimento número 249, de 30.06.1919, do Cartório de Registro Civil de Brusque, seu nome foi registrado como "Oswaldo".
Com a Reforma Ortográfica de 1943, que determinou o alfabeto português com 23 letras, com a exclusão das letras K, W e Y, permitindo o seu emprego apenas em casos especiais, o seu nome passou a ser escrito "Osvaldo".


Gottlieb Petermann

Gottlieb Petermann foi um dos fundadores da Sociedade Angelina, da rua São Pedro, em Brusque, em 4.07.1948.